19.5.05


in


plantei-me olhando o mar há tempo tanto

ganhei raizes abaixo da calçada

apontei para o céu de desencanto

que era feito de mim? não era nada!



mas é primavera em todo o canto

quiseram-me a morte e eu não morri.

da dor maior já se secou o pranto

quando morrer, amor, corro para ti.



mas lá fora 'inda há dos melros o canto

e se me amaste é sinal que vivi

do que os outros dizem não me espanto

sempre assim foi desde que me nasci.





3 Dizeres:

Blogger ognid deixou aqui...

gosto MESMO. de pé :) lindo minha Irmã. beijos

6:38 da tarde  
Blogger wind deixou aqui...

Belo! beijos

7:12 da tarde  
Blogger paperl life deixou aqui...

:)

Beijos.

9:57 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home