9.5.05


dying love - thanks to




amei muito. fui amada.

antes não tivesse sido.

porque ora, a vida parada


onde espero acocorada

numa espera sem sentido

hoje é vida esvaziada



sou um farrapo perdido

da bela manta cuidada

que me cobria a jornada.

tinha filho amante ou amigo

agora não tenho nada.



pego a adaga mato o amor

de um só golpe seco frio

decepo-o não fica ferido.

prefiro um amor matado

a este meu amor morrido.


2 Dizeres:

Blogger wind deixou aqui...

Triste, mas belo! beijos

1:50 da tarde  
Blogger lunar deixou aqui...

que lindo! parece uma cantiga de amigo, de amor...

3:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home