4.5.05


LIGTH#3(desert) - MIGUEL CIFUENTES

partir, partir de vez com um Destino novo

não o que inda me condena a este não-viver

envelhecido o corpo na alma me renovo

na luz do meu deserto revejo o areal

onde amava aves e flores, coisas boas do Ser.

parto sem peso de amores na mochila

não amo ou sou amada. antes assim.

não tenho de alcançar aquela ou qualquer vila.

- Louca - me chamam e eu continuo. Livre, até ao Fim.

3 Dizeres:

Blogger Seila deixou aqui...

batem certo com o meu sentir...os teus textos!!! e gosto das imagens que escolhes por diferentes e porque sim rsss

1:52 da tarde  
Blogger wind deixou aqui...

Gostei muito. Nada como a liberdade.) Linda imagem. beijos

4:12 da tarde  
Blogger paper life deixou aqui...

seilá, porque sim é a minha razão preferida.

:)

A liberdade dói tanto, wind!

Obrigada a ambas.

Bjs.

4:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home